Virei vendedor

Postado por | · · · · · · | Sem categoria | Comentários desativados em Virei vendedor

O nome de vendedor você já conseguiu, está dentro da empresa. Parabéns! Talvez apareça no seu crachá consultor de vendas, executivo de negócios ou assessor comercial, denominações que parecem dar mais glamour à profissão. Os tempos mudaram; não é à toa que muitos gostam dessas nomenclaturas. Mas independentemente do nome que será ostentado no crachá, o que realmente fará a diferença é se você vende ou não.

 

Vamos analisar. Você veio de outra área? Nunca vendeu? Não teve contato com o cliente? Alguns dizem que este é complicadíssimo. Será que isso é verdade? Você tem uma mesa, um telefone, talvez até um celular, um computador, lista de preços, tabelas, condições de pagamentos, até um gerente para auxiliar nas negociações. Maravilha!

 

Quantos são aí no seu departamento? 20? 30? 100? Esse número pode variar muito, depende da empresa em que você entrou. São seus amigos, seus parceiros. Não é verdade? Mais ou menos. São seus amigos sim, alguns; dificilmente todos, prepare-se. Eles querem o mesmo que você, vendas e mais vendas. Precisam pagar as contas, trocar o carro, pagar o aluguel, o financiamento da casa. Eles querem vender, pois vender é o que interessa.

 

Seus colegas e você fazem parte de um grupo que precisa muito de um negócio chamado comissão. Isso agora faz parte da sua vida. Você não vive mais sem ela. Quanto mais ela faltar, mais você irá lamentar. Quanto mais você provar dela, mais vai querer. Devido às possibilidades de ganhos nessa área, geralmente, os melhores salários estão nos departamentos comerciais. Além disso, nada acontece dentro de uma empresa até que uma venda seja feita. As vendas fazem o coração da empresa acelerar e são elas que podem fazer esse mesmo coração parar.

 

É, senhor vendedor: sem vendas, sem salário. Acabou aquela moleza de saber que o salário está garantido no final do mês. Esse é o preço que nós, homens de vendas, pagamos para ter a chance de fazer grandes salários, para o que precisamos de comissões e mais comissões. Talvez você receba um valor fixo, mas é pouco e baixo frente a todas as possibilidades que estão ao seu alcance.Você quer mais, eu sei disso.

 

Então, já descobriu uma coisa importante. Quem faz o salário do vendedor é ele mesmo. Se ficar parado, não ganha nada. Se ficar pensando na vida e nas contas a pagar, não ganha nada. Se ficar “comendo mosca”, esperando o cliente chegar a sua mesa, está enrolado. Se você se envolver em rodinhas dentro da empresa, em fofocas, em cafezinhos planejados de meia em meia hora, sinto muito, você está entrando para o time dos justificadores de vendas perdidas. E há pessoas que ficam excelentes nisso. Lembre-se: cada um fica bom naquilo que mais faz. E você ficará bom em vendas. Não aceitará o segundo lugar, pois nós queremos o primeiro lugar, queremos ser exemplo naquilo que fazemos, queremos ser referência.

 

 

Para isso acontecer, será necessário muito trabalho. Mãos à obra! Preguiça todo mundo tem um pouquinho, não é mesmo? Entretanto, se tem uma coisa que não combina com um bom vendedor é a tal da preguiça. Acabe com ela, não deixe esse mal pegar você! Quando sentir que a preguiça está se instalando, dê um pulo, um grito, saia da cadeira, faça uma ligação, faça uma oração, porque preguiça não é coisa de Deus não!

 

Quando me perguntam o segredo do sucesso, costumo usar uma frase que aprendi com uma grande amiga: “O segredo do sucesso é balde, vassoura e rodo.” Isso mesmo, dá trabalho! É justamente por esse motivo que poucos alcançam o sucesso em vendas. Dá trabalho, mas pode ser feito. Podemos conseguir e você já está no caminho correto: está se atualizando, lendo esse artigo, querendo evoluir, querendo crescer. Muito bem! O caminho é esse mesmo, não existe outro. Transpiração e dedicação = comissão.

 

Sobre o autor: Robson Dutra é palestrante, consultor organizacional e Coach. Já ministrou mais de 1000 palestras sobre vendas, atendimento ao cliente, relacionamentos, equilíbrio, sucesso profissional, liderança e motivação.ROBSON DUTRA (2)

Share on Facebook23Tweet about this on TwitterPin on Pinterest0Share on Google+0Share on LinkedIn0Email this to someone

Comentários

comentários