Compartilho com você 9 lições que podemos utilizar para vencermos uma CRISE.

1 – Não se contamine = Algumas pessoas são muito pessimistas e só ficam falando coisas ruins o tempo todo, ouvindo isso com frequência seremos contaminados e só conseguiremos falar e pensar coisas ruins. Não podemos ignorar o momento, mas ficar praguejando o tempo todo não nos tirará dele. Somos a média das 5 pessoas que passam mais tempo conosco. Quem são as pessoas que você passa mais tempo? Escolha gente que está crescendo, estudando, vencendo e principalmente, que lidam bem com as adversidades.

 

2 – Reinvente-se = A hora é de fazer o que nunca foi feito, testar novas ações, inovar, ser diferente, você na sua melhor versão, todas as nossas habilidades devem ser utilizadas. Não postergue, não procrastine, não deixe para depois. Já que temos que matar um leão por dia, vamos para cima dele com garra, não espere ele morrer de velho, um leão pode viver 20 anos.

 

3 – Prepare-se = Use os exemplos dos atletas. Pense em um atleta de elite, ele treina, treina e treina, incansavelmente, ele sabe que o resultado está ligado a quantidade de treinamento, quanto mais ele treina, mais chances de exito. Por mais simples que seja o que deverá ser feito, treine. Prepare-se para a reunião, para a apresentação, para a palestra, para uma conversa com um novo cliente, um novo fornecedor, uma conversa com a família. Não faça nada usando a improvisação, as chances de algo dar errado, aumentam muito.

 

4 – Seja forte = O mundo não é azul bebe, muito menos rosa, em alguns momentos ele é duro e injusto, aguente isso, faça o que precisa ser feito, dê o seu melhor, mas saiba que falarão de você, criticarão você, tentarão te desmotivar. Seja focado e aguente as pedradas da vida. Só levam pedradas árvores que dão frutos. Quanto mais você faz tudo que precisa ser feito, quanto mais surpreende, mais incomodará as outras pessoas. Aguente firme. Pessoas muito sensíveis sofrem muito. Força!

 

5 – Aguente a rejeição = Seremos muito mais rejeitados nessa vida do que aprovados, não passar no vestibular, não ser aprovado na entrevista, não ser convidado para aquela festa animada, seus amigos não farão tudo com você, sua namorada pode te deixar, o noivado pode terminar, ser demitido sem justa causa, seu líder pode te tratar com indiferença. Entenda que isso não acontece somente com você, acontece com todos. Aguente firme.

 

6 – Seja Resiliente = Resiliência é um termo utilizado na Física, é a capacidade que um corpo tem de voltar ao seu estado anterior depois de passar por uma adversidade. Exemplo: Coloco um determinado objeto em alta temperatura, ele deforma, tiro ele da alta temperatura e coloco em um ambiente normal, ele volta ao seu estado anterior. Chamamos esse objeto de resiliente. E foi justamente por esse motivo que trouxeram esse termo para o meio corporativo. É exatamente o ambiente que muitas vezes irá nos testar ao extremo e teremos que sempre voltar a nossa forma original para continuarmos enfrentando tudo com inteligência, foco, força e determinação.

 

7 – Descanse = Você não é um super-homem, você não é indestrutível, você não é super forte, não somos x-mens, temos ossos e não “adamantium”. Não dá para trabalhar 20 horas todos os dias, não dá para ficar sem dormir, sem descansar. Aguentamos isso por um tempo, depois entramos em colapso. Gastrite é um sinal, refluxo, úlcera, dores de cabeça, stress exagerado, depressão, síndrome do pânico. Tenha habilidade e competência para descansar e recarregar suas baterias.

 

8 – Exercite-se = Um corpo fraco não aguenta uma mente forte. Quem faz exercícios, dorme melhor, namora melhor, sente-se muito mais disposto e trabalha melhor também. Se você não pratica exercícios físicos com a desculpa pronta que não tem tempo. Sinto muito, quem não tem tempo para exercitar-se, terá que encontrar tempo para tratar-se.

 

9 – Capacite-se = Leia mais, estude mais, faça aquele curso, participe daquela palestra, busque mais conhecimento todos os dias, quanto mais estudamos, mais descobrimos o quanto ainda somos ignorantes em relação a tantas coisas. Conhecimento nunca é demais, e conhecimento aplicado tem o poder de transformar vidas.

 

Maravilha! Gostou das 9 lições? Deixe um comentário. Aqui mesmo. E faça sua inscrição no canal do youtube, tem vídeo novo todos os dias. O Objetivo? Deixar você cada vez melhor!

 

Abraço gigante – Robson Dutra

Num momento estamos bem. Em outros momentos estamos sem.
E nesse vai e vem, muita gente pensa que o que importa, é aquilo que a gente tem.

Mas na verdade o que importa, é aquilo que a gente não consegue ficar sem.

Um abraço, um sorriso, um afago, um amparo, um tempo, um carinho, um beijo, um selinho,
um sorvete, um geladinho, um filho que corre querendo você, um filho que pede uma luta,
uma bola, uma hora, um minuto. 


O carro, a casa, o relógio, o dinheiro, o celular, a roupa, a bolsa, as jóias, os sapatos,
o jet, o barco, a chácara, tudo isso é legal, mas chegará uma hora que nada disso importará.


Para onde a gente vai,  isso tudo não irá. A dor de um dia ir, só não irá me destruir,
se enquanto eu estiver aqui: Eu, sorrir, amparar, amar, conversar, relevar, entender, 

não julgar. E no dia da partida, quero que as pessoas que tanto amei e estiveram comigo.

Pensem: ESSE FEZ VALER A PENA.

Enquanto esteve aqui, amou, brincou, viveu intensamente, foi dono das coisas materiais
e não o contrário. Amou as pessoas e usou as coisas.

Jesus, cada vez mais de ti em mim e menos de mim. Perdoe as minhas falhas e obrigado pelo tempo que tenho para corrigi-las.

Palestrante Robson Dutra

O mundo acaba para uma criança quando seus pais se separam.

 

O mundo acaba quando sua esperança desaparece e junto com ela e fé em dias melhores.

 

O mundo acaba quando você NÃO escolhe as palavras corretas e destrói sonhos, destrói planos e destrói a autoestima daqueles que estão próximos de você.

 

O mundo acaba para um filho quando seu pai faz uma ultrapassagem indevida e morre. E acaba para outras crianças que perderam seus pais que estavam indo corretos na estrada, no outro carro, mas aquele pai bateu de frente com eles.

 

O mundo acaba quando você bebe e dirigi e comete um erro impossível de ser corrigido.

 

O mundo acaba quando um pai trabalha o tempo todo e esquece de sua família. O mundo acaba quando Jesus morre no seu coração. O mundo acaba quando você pega aquilo que não é seu. O mundo acaba quando um pai perde o filho para as drogas, para a bebida.

 

O mundo acaba quando um pai enterra um filho. O mundo acaba quando os bens materiais são tratados com mais amor que uma vida. O mundo acaba quando você não consegue mais ser GRATO por aquilo que tem e começa a ser dominado por uma sensação de insatisfação que toma conta de você.

 

O mundo acaba quando você não enxerga mais as cores, os sabores, o vento nos cabelos ou na cabeça, para os totalmente sem cabelos. O mundo acaba quando você não liga mais para as árvores, para a água, para os animais, para qual destino dar ao seu lixo.

 

O mundo acaba quando um cigarro de crack é queimado, uma carreira de cocaína é cheirada.

 

O mundo acaba, e nessa ação que na sua cabeça pode ser simples e inofensiva, ele acaba primeiro com você e com todos aqueles que você ama e estão próximos de você.

 

NÃO ACABE COM O MUNDO E NÃO ACABE COM VOCÊ. VIVA INTENSAMENTE!

 

Robson Dutra – inspirador de pessoas

 

www.robsondutra.com.br

Fala-se muito em treinamento, capacitação e desenvolvimento pessoal, mas essa é uma área que pode melhorar significativamente na maioria das empresas. Muitos empresários sabem o que precisa ser feito, mas ficam postergando e com isso os resultados que poderiam ser potencializados acabam ficando estagnados ou o que é pior entram em um processo de queda.

 

Quais são as três perguntas que mais escuto quando o assunto é desenvolvimento pessoal.

 

1 – Se eu treinar o meu funcionário ele vai ficar bom e irá embora?

 

Resposta: Isso pode acontecer, porque algumas empresas disputam talentos o tempo todo, toda empresa quer uma estrela brilhando no seu time. Um empresário, gerente ou diretor quando surpreendido por alguém que faz muito mais do precisa ser feito, pode sim, convidar essa pessoa para fazer parte da sua equipe. Cabe à pessoa convidada aceitar ou não. Mas voltando a pergunta inicial a minha resposta é: Melhor você treiná-lo e perde-lo do que ele ficar ruim com você.

 

2 – Treinamento é muito caro?

 

Resposta: Caro é a falta de treinamento, funcionário desmotivado, atendendo mal, fazendo as coisas de qualquer jeito, negligente, impaciente e sem bom senso. Esse funcionário custa uma pequena fortuna todos os dias. É o dinheiro que não entra no caixa da empresa porque o destreinado espantou o cliente, é o dinheiro que sai da empresa porque ele fez algo errado e terá que ser corrigido. Retrabalho, alguém terá que fazer aquilo que já deveria ter sido feito, BEM FEITO da primeira vez que fizeram.

 

3 – Eu preciso treinar? Por que devo melhorar se a empresa não me valoriza? (dúvida do funcionário)

 

Resposta: O funcionário que pensa que precisa fazer bem feito por causa da empresa, está equivocado. Ele faz bem feito pensando nele. A empresa aproveitar essa excelência e talento é uma consequência. Cada colaborador deve pensar na carreira que está construindo, na imagem que quer consolidar no mercado. Todo mundo quer ser conhecido como alguém responsável, comprometido, eficiente, eficaz e principalmente um exímio solucionador de problemas. Gente assim escolhe onde vai trabalhar e aumentará as chances de trilhar uma brilhante carreira. Todo profissional deve buscar continuamente o aperfeiçoamento, treinamento é uma cultura e dura toda vida. Uma frase que eu gosto muito e demonstra exatamente o que o treinamento pode fazer por nós, foi dita por Martinho Lutero: “Eu não sou aquilo que gostaria de ser, mas graças a Deus já não sou mais quem eu era.” Alguns dizem que essa frase é de Martin Luther King, independente de quem seja, na minha opinião, ela é excelente. Podemos sim melhorar todos os dias e só o treinamento irá nos proporcionar isso.

 

Robson Dutra é palestrante e atua nas áreas de vendas, atendimento ao cliente, relacionamentos, liderança, comportamento organizacional e motivação. É Coach e Analista Comportamental.

 

 

Em todo lugar, depois de uma palestra, treinamento ou curso, as pessoas me abordam e, logo em seguida, escuto alguns problemas, dos mais variados. Ouço-os com cuidado, presto muita atenção, pois no meu trabalho toda informação é relevante. As pessoas falam do ambiente de trabalho, dos relacionamentos, da carreira, da família, dos filhos e muitas vezes eu escuto a seguinte frase: Por que Deus está permitindo isso em minha vida?

 

Pensando nisso, comecei a refletir sobre o assunto “problemas”, li recentemente um texto de Brian Tracy que diz que nossa vida é uma sequência natural de problemas, como ondas no mar, uma atrás da outra. E, de vez em quando, vem uma onda maior: a crise.

 

Sobre Deus, o mal não vem dele, pois Ele é bom, mas permite que o problema aconteça para que você tenha oportunidade de viver grandes experiências e, com isso, aprenda alguns ensinamentos. Então a pergunta correta, não é por que Deus permite isso ou aquilo,e sim, o que Deus quer me ensinar já que está permitindo que eu passe por isso?

 

Por sermos cristãos, não estamos livres de problemas, como muitos pensam. No livro mais importante já escrito, a Bíblia, Jesus nos ensina: “Neste mundo tereis aflições, mas tende bom ânimo, eu venci o mundo.

 

Algumas lições sobre os problemas:

 

1° – Nunca deixaremos de ter problemas; em alguns momentos, teremos problemas maiores e em outros menores, mas eles sempre existirão.

 

2° – Se um problema tem solução não sofra e não se desgaste com ele; afinal, ele pode ser resolvido, mas, se não tem solução, não sofra, pois ele não pode ser sanado. Você vai ter que aprender a amenizar o impacto causado.

 

3° – A forma como lidamos com nossos problemas é o que nos diferencia das outras pessoas. Você pode ser convidado para administrar uma empresa devido à forma com que administra sua vida pessoal. As empresas precisam de pessoas centradas, focadas e com habilidades para lidar com adversidades, que surgem todos os dias das mais variadas formas.

 

4° – Não conte seus problemas para qualquer pessoa. A grande maioria das pessoas não se importam com eles e outras ficam felizes. Não é bom para seu marketing pessoal que muitos saibam de suas dificuldades, principalmente quando essas tribulações forem financeiras. Pense bem, uma empresa não vai convidar para cuidar de seu patrimônio alguém que não saiba administrar as próprias contas.

 

5º – Acredite que o problema possa ser resolvido, não desista, lute, pense, por mais complicado que pareça, existe um meio de resolver ou amenizar.

 

6º – Vai passar e quando isso acontecer, você se sentirá mais preparado e fortalecido.

 

7° – Todos conhecem ou pelo menos já ouviram falar em Davi, que derrotou o gigante Golias. Davi era pequeno, franzino, um homem aparentemente fraco, comparado a outros homens. Entretanto, possuía um profundo relacionamento com Deus, buscava sempre a sua direção, não tomava atitudes sem essa direção, tinha muito discernimento, esperava e tinha convicção de que nunca seria abandonado e confiava plenamente.

 

Se os problemas são ondas, às vezes grandes outras pequenas, digamos, então, que estamos em um barco e as ondas batem forte contra a lateral. Assim, ninguém melhor do que Deus para estar conosco no barco, pois, com certeza, ele não vai impedir que as ondas batam, mas impedirá que o barco afunde.

 

Palestrante Robson Dutra

 

[email protected]

 

www.robsondutra.com.br

 

 

Loading...