robson dutra Tag

Os felinos adoram carne de macaco, mas os macacos ficam no alto das árvores e lá no alto eles estão seguros. Capturar um macaco em uma árvore é algo muito difícil até para um felino.

 

Os felinos se reúnem, escolhem uma árvore e começam a rugir bem alto ao mesmo tempo. Nesse momento os macacos ficam assustados e começam a saltar de galho em galho, durante esses saltos algumas mamães que estão com seus filhotes nas costas, acabam derrubando seus pequenos e os felinos comem os filhotes.

 

Na nossa vida isso também acontece. Às vezes estamos seguros, mas basta um rugido para nos desestabilizar. Esse rugido pode ser uma fofoca, uma mentira ou algo dito estrategicamente com a intenção de nos ferir. Depois disso, os pensamentos e as emoções ficam alteradas comprometendo nossas ações e decisões.

 

Precisamos usar nossa inteligência emocional, avaliar a situação, manter a calma, e pensar cuidadosamente como lidar com ela. Não tome decisões precipitadas, pense.

 

E lembre-se do que diz em 1 Pedro 5.8 “Sede sóbrios; vigiai; porque o diabo, vosso adversário, anda em derredor, bramando como leão, buscando a quem possa tragar.”

              

                Se leões estão próximos, fique muito atento o tempo todo. O segredo está em antecipar-se a eles e imaginar o que eles podem fazer. E quando eles rugirem, mantenha a calma e avalie cada possibilidade.  

 

Faz sentido para você? Escreva nos comentários: Quando ele rugir, estarei preparado(a).

 

Abraço no coração

 

Deus abençoe você grandemente!

 

Palestrante Robson Dutra

              

Uma parte da minha palestra ontem no Espaço Nova Canção. O tema foi Adversidades no trabalho, escolhi aquelas situações que mais são compartilhadas comigo no meu dia a dia.

 

Em João 16:33 – Jesus disse: “No mundo tereis aflições, mas tende bom ânimo, Eu venci o mundo.” Sendo assim, teremos problemas, isso é inevitável e é justamente a forma como lidamos com esses problemas que irá nos diferenciar.

 

Os melhores profissionais em suas áreas são aqueles que lidam com os problemas mais difíceis de serem resolvidos. Por esse motivo é de extrema importância nos desenvolvermos e nos transformarmos em solucionadores de problemas.

 

1 – Eu não gosto do que eu faço!

 

É muito importante nos conhecermos e realizarmos uma avaliação de afinidade, descobrir aquilo que somos bons e diferentes positivamente. Encontre seu dom, seu talento e desenvolva isso incansavelmente. Gostar do que você faz e trabalhar com isso te deixará com uma excelente vantagem competitiva.

 

2 – Eu não gosto do lugar que eu trabalho!

 

Em alguns momentos, durante minha trajetória profissional, trabalhei em lugares que não eram exatamente aquilo que eu queria. O segredo na minha opinião para vencermos isso e o trabalho com excelência, assim em pouco tempo, sua capacidade será notada e novas oportunidades irão aparecer, Se você está trabalhando há um bom tempo e não está recebendo convites para outras oportunidades e empresas, o trabalho que você está realizando está na média.

 

3 – Eu não gosto do meu líder!

 

Essa é uma situação muito comum, infelizmente. A grande maioria dos lideres que estão no mercado, não receberam o treinamento devido para liderar, normalmente são pessoas que se destacavam realizando um trabalho e foram promovidas. Exemplo: O melhor vendedor da equipe é convidado para ser gerente dessa equipe sem ter qualquer tipo de treinamento em liderança, relacionamentos e gestão de pessoas. Uma receita perigosa que na maioria das vezes apresenta o seguinte cenário. Um gerente medíocre e a perda do melhor vendedor.
Em outros momentos lideres são criados somente por afinidades, amizades ou parentesco. Novamente as chances de dar errado, são gigantes. Um outro agravante é que muitos desses lideres não treinam mais, acreditando já saberem o necessário. Receita suicida profissionalmente.

 

Como profissional, devo manter com meu superior a melhor comunicação possível, quanto mais limitado meu líder, mais clara e assertiva deverá ser essa comunicação. Facilite a vida do seu líder, você está na empresa para ajuda-lo a atingir os objetivos da empresa. Seja prestativo e treine muito, para que novas oportunidades surjam e você não fique refém de um líder despreparado colocando em risco sua saúde física e emocional.

 

Detalhe importante: Não generalize. Existem sim, lideres excelentes.

 

Treine muito, treine para todas as situações. “Quem acredita não precisar de treinamento, precisa de tratamento.”

 

Esse texto te ajudou?

 

Escreva nos comentários: VOU TREINAR +.

 

Abraço carinhoso,

 

Palestrante Robson Dutra

 

Para receber um conteúdo exclusivo sobre Equilíbrio e Motivação, clique no link e cadastre seu e-mail.

 

http://www.robsondutra.com.br/equilibrado

Eu não corro. Eu nunca corri.

 

                Você pode começar, você começa andando, depois você anda mais rápido, depois você corre um pouco e anda mais um tanto e aos poucos, seu condicionamento vai melhorando e as distâncias aumentando e não é somente as distâncias que aumentam. Aumenta sua disposição, melhora o seu sono, melhora a sua concentração, melhora a sua qualidade de vida.

 

Eu não tenho os equipamentos necessários.

 

                Comece com aquilo que você tem, use a sua bermuda, evite a jeans. Escolha a camiseta mais confortável e fresca, tire a poeira do seu tênis, pegue um par de meias, uma garrafa de água e escreva no Face, partiu caminhada, partiu corridinha leve, (até porque no momento não existe nenhuma outra opção que não seja leve), partiu viver mais, partiu qualidade de vida. As opções são muitas.

 

Todo mundo corre mais do que eu.

 

                Vou lembrar as sábias palavras da sua mãe. Você não é todo mundo, você está começando, respeite o seu tempo, aumente suas conquistas gradativamente. Se forçar demais por causa da cabeça boa, (vontade, determinação)  vai machucar e terá que parar aquilo que começou.

 

Eu vou machucar meus joelhos

 

                Você está parado há muito tempo, estagnado, preguiçoso, tudo que seu corpo pede é sofá, Netflix e petiscos. O risco do sedentarismo na minha opinião é muito maior do que o risco de machucar seus joelhos. Não deixe isso ser a sua desculpa. Lembre-se: começar aos poucos. Seu corpo fala com você, escute seu corpo, sinta o seu corpo. Você é capaz de reconhecer uma dor diferente. Se isso acontecer procure ajuda imediatamente para que o problema seja sanado no início. Eu sofri muito no começo com a famosa “CANELITE”. Aprendi o que precisava ser aprendido, fiz o que precisava ser feito e hoje consigo correr.

 

E se eu perder? E se eu chegar em último?

 

                Eu já cheguei. Fui o último da minha categoria. Naquele dia tinham seis. Quer saber o que meus amigos fizeram? Fizeram Bullying! Hahahaha, a vida é assim, nem tudo irá sair como planejado, as derrotas são ensinamentos fantásticos e acredite, nós sempre aprenderemos com elas, sairemos mais fortalecidos, mais preparados, mais experientes. Você não perde quando chega em último. Você perde quando tem medo de chegar em último e não vai. Você perde quando desiste, podendo fisicamente continuar, você perde quando o medo te vence, você perde quando não acredita em você. Você perde quando não tenta. Você perde quando não se esforça podendo se esforçar.  Você perde quando, preocupado com aquilo que os outros irão pensar, não faz aquilo que precisa ser feito.

 

Respeite seu ritmo, respeite seu corpo, comece e entenda o que é sentir se extremamente vivo, quando a sensação é de: Estou morto. E fique tranquilo logo nascerá em você a vontade de melhorar os equipamentos, pedir ajuda, conversar com quem vive aquilo há muitos anos e estar próximo de pessoas e profissionais capacitados, que te ajudarão no trajeto, independente de qual seja o seu destino. Busque o seu destino, o seu objetivo, aquilo que te faz bem. Cada um é único, alguns querem chegar rápido ao destino. Eu quero contemplar, aproveitar, sorrir, tirar foto, incentivar, inspirar, ajudar. Quero viver intensamente o trajeto.

 

Você pode! Você consegue! Comece e não esqueça: Divirta-se, seja feliz durante e depois…….

 

Palestrante Robson Dutra

Uma época da minha vida eu fiquei muito doente e um dos motivos que isso aconteceu foi porque eu queria agradar  “todo mundo” o tempo todo, tudo que eu fazia, fazia pensando em agradar a todos. Isso é possível? Claro que não! Apenas nos traz sofrimentos e frustrações, na minha opinião Jesus é o melhor exemplo, só fez o bem, suas intenções eram as melhores, só ajudou, só amou, até ressuscitou algumas pessoas e mesmo assim, olha só o que fizeram com Ele. Nós cristãos sabemos que tudo isso fazia parte de um plano muito maior e necessário, entendemos, mas que dói muito saber tudo que Jesus passou, dói.

 

Onde quero chegar? Muitos me procuram e dizem que não querem falar em público porque tem medo de não agradar todas as pessoas. Tem medo daquilo que as outras pessoas irão pensar. Tem medo das pessoas rirem e zombarem de sua apresentação. Mas por que nos preocupamos tanto com aquilo que os outros irão pensar?

 

Eu entendo que é importante mantermos uma imagem correta, honesta, e que as pessoas saibam que somos éticos e valorosos. Mas deixar de fazer isso ou aquilo somente preocupado com aquilo que as pessoas irão pensar, não nos fará bem, pelo contrário, irá nos limitar, nos podar, nos colocar em uma caixa de vidro fechada, limitados e vendo o mundo acontecer do lado de fora.

 

Não, não nascemos somente para isso, nascemos para viver intensamente e aproveitar cada dia muito bem, e fazer o que precisa ser feito, sem pensar no que os outros irão pensar ou dizer.

 

Por que algumas pessoas sofrem tanto com aquilo que os outros pensam? Por que algumas pessoas acham que todas as indiretas são para elas? Se uma dessas duas coisas incomoda você, trate isso energicamente, não permita que isso tire seu brilho, sua energia e sua criatividade. Entenda que muitos nunca elogiam e aparecem de vez em quando pedindo autorização para uma pequena, mas poderosa e negativa Crítica CONSTRUTIVA. Sei!!!

 

Aprendi nesses meus anos de vida que existem pessoas ruins, mas os bons são maioria. Aprendi que ninguém chuta cachorro que está morto. Aprendi que somente árvores que dão frutos levam pedradas. Aprendi que as pedradas da vida doem porque as pedras são atiradas por pessoas que estão próximas de você.

 

Aprendi que pessoas sensíveis sofrem mais e perdem muito tempo até se recuperarem e estarem prontas novamente. Precisamos criar uma blindagem, uma proteção que nos separa e nos protege dos comentários maldosos, de toda, inveja, de toda frustração alheia.

 

Precisamos entender que algumas pessoas fazem isso no automático, não conseguem lidar com as adversidades da vida e acabam atacando outras pessoas. Ok, eu sei que eu e você não temos nada com isso, mas acontece e não podemos simplesmente ignorar. Temos que nos preparar e nos fortalecermos para aguentarmos as pancadas do dia a dia.

 

Precisamos aprender a transformar impacto em impulso. Aquilo que nos deixaria no chão, usaremos para levantarmos mais fortes, mais focados e mais obstinados. E é exatamente aí que eu quero chegar, fazer aquilo que precisa ser feito potencializa nosso sucesso, melhora muito nossa visibilidade positiva e não é justo com a nossa história, deixarmos de fazermos isso preocupados com aquilo que os outros irão pensar.

 

Ah só mais uma coisa, gostou desse post? Ele te ajudou? Deixou você melhor? Me conte, me fale, saber que eu te ajudei me deixa mais inspirado para fazer cada dia mais. Obrigado.

Atenciosamente

ROBSON DUTRA

Compartilho com você 9 lições que podemos utilizar para vencermos uma CRISE.

1 – Não se contamine = Algumas pessoas são muito pessimistas e só ficam falando coisas ruins o tempo todo, ouvindo isso com frequência seremos contaminados e só conseguiremos falar e pensar coisas ruins. Não podemos ignorar o momento, mas ficar praguejando o tempo todo não nos tirará dele. Somos a média das 5 pessoas que passam mais tempo conosco. Quem são as pessoas que você passa mais tempo? Escolha gente que está crescendo, estudando, vencendo e principalmente, que lidam bem com as adversidades.

 

2 – Reinvente-se = A hora é de fazer o que nunca foi feito, testar novas ações, inovar, ser diferente, você na sua melhor versão, todas as nossas habilidades devem ser utilizadas. Não postergue, não procrastine, não deixe para depois. Já que temos que matar um leão por dia, vamos para cima dele com garra, não espere ele morrer de velho, um leão pode viver 20 anos.

 

3 – Prepare-se = Use os exemplos dos atletas. Pense em um atleta de elite, ele treina, treina e treina, incansavelmente, ele sabe que o resultado está ligado a quantidade de treinamento, quanto mais ele treina, mais chances de exito. Por mais simples que seja o que deverá ser feito, treine. Prepare-se para a reunião, para a apresentação, para a palestra, para uma conversa com um novo cliente, um novo fornecedor, uma conversa com a família. Não faça nada usando a improvisação, as chances de algo dar errado, aumentam muito.

 

4 – Seja forte = O mundo não é azul bebe, muito menos rosa, em alguns momentos ele é duro e injusto, aguente isso, faça o que precisa ser feito, dê o seu melhor, mas saiba que falarão de você, criticarão você, tentarão te desmotivar. Seja focado e aguente as pedradas da vida. Só levam pedradas árvores que dão frutos. Quanto mais você faz tudo que precisa ser feito, quanto mais surpreende, mais incomodará as outras pessoas. Aguente firme. Pessoas muito sensíveis sofrem muito. Força!

 

5 – Aguente a rejeição = Seremos muito mais rejeitados nessa vida do que aprovados, não passar no vestibular, não ser aprovado na entrevista, não ser convidado para aquela festa animada, seus amigos não farão tudo com você, sua namorada pode te deixar, o noivado pode terminar, ser demitido sem justa causa, seu líder pode te tratar com indiferença. Entenda que isso não acontece somente com você, acontece com todos. Aguente firme.

 

6 – Seja Resiliente = Resiliência é um termo utilizado na Física, é a capacidade que um corpo tem de voltar ao seu estado anterior depois de passar por uma adversidade. Exemplo: Coloco um determinado objeto em alta temperatura, ele deforma, tiro ele da alta temperatura e coloco em um ambiente normal, ele volta ao seu estado anterior. Chamamos esse objeto de resiliente. E foi justamente por esse motivo que trouxeram esse termo para o meio corporativo. É exatamente o ambiente que muitas vezes irá nos testar ao extremo e teremos que sempre voltar a nossa forma original para continuarmos enfrentando tudo com inteligência, foco, força e determinação.

 

7 – Descanse = Você não é um super-homem, você não é indestrutível, você não é super forte, não somos x-mens, temos ossos e não “adamantium”. Não dá para trabalhar 20 horas todos os dias, não dá para ficar sem dormir, sem descansar. Aguentamos isso por um tempo, depois entramos em colapso. Gastrite é um sinal, refluxo, úlcera, dores de cabeça, stress exagerado, depressão, síndrome do pânico. Tenha habilidade e competência para descansar e recarregar suas baterias.

 

8 – Exercite-se = Um corpo fraco não aguenta uma mente forte. Quem faz exercícios, dorme melhor, namora melhor, sente-se muito mais disposto e trabalha melhor também. Se você não pratica exercícios físicos com a desculpa pronta que não tem tempo. Sinto muito, quem não tem tempo para exercitar-se, terá que encontrar tempo para tratar-se.

 

9 – Capacite-se = Leia mais, estude mais, faça aquele curso, participe daquela palestra, busque mais conhecimento todos os dias, quanto mais estudamos, mais descobrimos o quanto ainda somos ignorantes em relação a tantas coisas. Conhecimento nunca é demais, e conhecimento aplicado tem o poder de transformar vidas.

 

Maravilha! Gostou das 9 lições? Deixe um comentário. Aqui mesmo. E faça sua inscrição no canal do youtube, tem vídeo novo todos os dias. O Objetivo? Deixar você cada vez melhor!

 

Abraço gigante – Robson Dutra

Loading...